Olá mamães! Tudo bem com vocês? Você sabia que a ausência do toque no bebê causa retardo no desenvolvimento? Pois isso é verdade. Ontem dia 05/05/2018, nosso site participou do Seminário de Mães que aconteceu no Hotel Maksoud Plaza em São Paulo e ficou sabendo mais sobre o assunto.

A Pompom fraldas presenteou a todos com um vídeo maravilhoso falando sobre a importância do contato e do toque para o desenvolvimento sadio do bebe e da criança.

Segundo Carmem Maria Soares da Costa, “o toque para um bebê é muito importante. É por meio do tocar que ele verifica a realidade. O tato atesta a existêcia de uma realidade objetiva. No sentido de que é alguma coisa fora, que não eu mesma.

As pontas dos dedos do bebê lhe fornecem a existência de um universo. Isso os leva ao desenvolvimento da consciência de seu próprio corpo e o da mãe.

Assim é constituído seu meio primário e fundamental de comunicação; a sua forma de entrar em contato com outro ser humano, estabelecendo-se aí a gênese do toque humano.”

Os bebês querem e emitem sinais para as mamães ou cuidadores, de que querem e precisam ser tocados.

E esta ausência de toques, tem efeitos comprovadamente maléficos para eles. (Leia sobre a importância dos abraços)

Carregamos nossos filhos em nossos colos, como se fossem o próprio mundo.

Curiosidade: Você sabia que não são os humanos os primeiros a tocar o bebê?

Segundo Francis Mott, teórico que se dedicou ao estudo da transição da vida uterina para o mundo exterior.

Ele afirma que as sensações táteis são geradas  em toda a superfície do feto. Isso acontece devido ao movimento da lanugem, em contato com o líquido aminiótico.

Esses pequenos pêlos, aparecem no quarto mês de vida do feto e desaparecem antes do nascimento. O corpo fetal passa portanto três ou quatro meses, movendo-se neste líquido com sua lanugem.

Diga não à ausência do toque no bebê

Notaram como a ausência do toque no bebê é algo essencial para seu melhor desenvolvimento cognitivo?

Portanto “Colo” nunca será algo nocivo para seu filho. Quanto mais colo você der mais estará ajudando no desenvolvmento de um adulto sadio.

Abrace, pegue no colo, faça carinho, aperte muito o seu filho. Tanto para ajudar como para aproveitar esta fase que passa tão rápido. Isso só fará bem ao seu bebê.