Como ajudar os pequenos em procedimentos dolorosos?

Como ajudar os pequenos em procedimentos dolorosos?


Ontem eu repostei em nosso Instagram www.instagram.com/babysaudavel uma foto de uma mãe amamentando seu bebê,enquanto o profissional colhia sangue para um exame e me surpreendi com os relatos de mães,dizendo que tentaram utilizar a amamentação como uma ajuda para minimizar o tanto quanto for possível, este momento tão doloroso. Fiquei surpresa pela pouca abordagem que este assunto tem, e achei de suma importância trazer mais informações para as mães, então fui pesquisar na internet e encontrei um projeto lindo que se chama “Seja doce com os bebês” “Be sweet to babies” da pesquisadora Dr Denise Harrison. Assistam o vídeo acima. Abaixo algumas informações adicionais.

Durante os primeiros dias de vida, todos os bebês precisam de coletas de sangue por punção no calcâneo ou punção venosa. Bebês doentes precisam de ainda mais coletas de sangue, o que também se torna desgastante para os pais. Aprenda como oferecer conforto e ajudar a reduzir a dor de seu bebê durante a punção para coleta de sangue e outros tipos de punções!

Seja Doce com os Bebês
Pesquisas mostram que para recém-nascidos (bebês no primeiro mês de vida):

1. A amamentação antes, durante e depois da punção para coleta de sangue reduz a dor em bebês. Para obter o máximo efeito, a amamentação deve ser iniciada 5 minutos antes da punção.

2. O cuidado canguru ou contato pele-a-pele também ajuda na redução da dor e do estresse de bebês – e funciona melhor com os bebês prematuros ou que não podem ser alimentar por via oral. Para obter o máximo efeito, o contato pele-a-pele deve ser iniciado 15 minutos antes da punção. Os pais também podem segurar seus filhos em contato pele-a-pele !

3. Soluções adocicadas (sacarose) oferecidas com uma seringa são eficazes para a redução da dor em bebês e funcionam em lactentes com até um ano de idade. Para obter o máximo efeito, a sacarose deve ser administrada 2 minutos antes do procedimento, deve ser repetida no momento do procedimento e ao longo de sua execução, até a finalização.

Childrens Hospital of Eastern Ontario (CHEO), CHEO Research Institute, University of Ottawa Be Sweet to Babies team (pesquisadora responsável Dr. Denise Harrison)