image

Boa noite!Quero deixar uma mensagem de ânimo,porque nem todos os dias são felizes!
Atualmente estou rejeitando o conceito de felicidade. A ideia de que tudo que nós fazemos é parte de uma busca pela felicidade me parece uma ideia perigosa e tem sido a causa da doença contemporânea da sociedade ocidental – o medo da tristeza. É muito estranho ver pessoas dizendo “escreva três coisas que te fizeram feliz hoje” “levanta a cabeça” e “nascemos com o direito de ser feliz” e por aí vai. Nós estamos como que ensinando nossos filhos que felicidade é uma condição natural. Isso é péssimo. O crescimento é o que nós deveríamos estar buscando e parte disso é a tristeza, a decepção, a frustação, os fracasos; todas essas coisas que nos fazem quem somos. Felicidade e vitória são coisas bacanas que também acontecem com a gente, mas elas não nos ensinam muito. Todo mundo diz que ficamos mais fortes com a dor e na mesma hora que te vêem sofrendo, falam, “Vamos lá! Sai dessa! Levanta a cabeça!” Eu gostaria de ter pelo menos um ano em que a palavra “felicidade” fosse trocada por “crescimento”. Pergunte a si mesmo, “Isso está contribuindo para o meu crescimento?” e se você estiver tendo um dia dos infernos, a resposta é sim.”Texto Hugh Mckay